Cientistas americanos visitam Recife para conhecer casos de microcefalia

Pesquisadores do Centro de Controle de Doenças (CDC, do inglês Centers for Disease Control and Prevention), dos Estados Unidos, estão no Recife conhecendo o quadro de microcefalia em Pernambuco, nesta terça-feira (1º). Em reunião, a Secretaria de Saúde de Pernambuco apresentou aos americanos os detalhes do trabalho que vem sendo desenvolvido no estado para conter o avanço dos casos da má-formação.

Os cientistas estão sendo acompanhados por integrantes da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e do Ministério da Saúde. A entidade internacional vem sendo informada sobre o andamento das pesquisas dos casos de microcefalia e também do zika vírus no país. Na reunião com os representantes da Secretaria de Saúde, foram apresentados os dados epidemiológicos da microcefalia no estado.

Nos próximos dias, os pesquisadores vão conhecer alguns dos serviços de referência para microcefalia em Pernambuco, e irão se inteirar de todo o processo que vem sendo desenvolvido no estado. A ideia é que tomem ciência de tudo que vem sendo feito pelos especialistas locais, do diagnóstico ao tratamento, passando também pelas investigações para identificação dos motivos do aumento dos casos.

Pernambuco é o estado com mais casos de microcefalia no país, com 646 notificações, o que representa mais da metade de todos os casos registrados no Brasil. De acordo com Secretaria estadual de Saúde, 211 destes casos já atendem aos critérios da Organização Mundial de Saúde (OMS). A definição de como vai funcionar o trabalho em conjunto sobre a microcefalia e o zika vírus deve ocorrer em uma reunião, com data ainda não confirmada.

A microcefalia é uma malformação congênita em que o cérebro do feto não se desenvolve de maneira adequada. O bebê, quando nasce, apresenta um perímetro cefálico menor do que os 33 centímetros considerados normais. Além de trazer risco de morte, a condição pode ter sequelas graves para os bebês que sobrevivem, como dificuldades psicomotoras (no andar e no falar) e cognitivas (como retardo mental).

Casos confirmados por estados:

Pernambuco: 646,Paraíba (248), Rio Grande do Norte (79), Sergipe (77), Alagoas (59), Bahia (37), Piauí (36), Ceará (25), Rio de Janeiro (13), Maranhão (12), Tocantins (12), Goiás (2), Distrito Federal (1) e Mato Grosso do Sul (1). Dados confirmados pelo  Ministério da Saúde no último sábado

 Microcefalia

Anúncios
Esse post foi publicado em saúde e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s